Sou

A minha foto
Portalegre, Portugal
"Sonho que sou alguém cá neste mundo... Aquela de saber vasto e profundo, Aos pés de quem a Terra anda curvada! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quanto mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho...E não sou nada!..." Florbela Espanca

domingo, 27 de maio de 2012

Adeus...



Imagem retirada da net




Vida pintada de dor
Rasgada pela tragédia.
Não tem senão lágrimas
Vertendo do seu seio.
Como pôde ser este o caminho?
Que ventos se uniram para devassar a alegria d’outrora?
Fecha os olhos.
Engole o luto.
Grita a revolta num silêncio duro e profundo.
Adeus felicidade ceifada.

A  Deus.

41 comentários:

  1. Profundos e lindos versos de tristeza.beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. O destino, por vezes, acaba por trocar-nos as voltas. Partilhar a dor, transmite-nos um certo alívio e mais força de vontade perante a adversidade, encarando os desafios de frente e com coragem.
    Abrs

    ResponderEliminar
  3. Sandra querida, versos tristes porém lindos.
    Beijos com carinho.
    Beijos nos lindos filhos também.
    Tenha um domingo de paz.

    ResponderEliminar
  4. O adeus sempre levará um pedaço e deixará uma tristeza na alma,,,sempre haverá um vazio entre tudo que passou...e deixou marcas...beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderEliminar
  5. A dor que o poema emana faz com que eu me cale.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  6. apesar de tudo que o adeus seja o começar de uma nova página em branco

    beijinho

    ResponderEliminar
  7. A chuva também floresce e a lágrima, cintila na borda do lábio, um rastro futuro de sorrir. Que assim seja então.
    Beijos, querida Sandra.
    Sam.

    ResponderEliminar
  8. Quando se perde alguém temos, sempre que perguntar o porquê. Dizemos Adeus e perguntamos A Deus...um abraço e o meu carinho

    ResponderEliminar
  9. É a vida, por vezes, uma mestra implacável no destroçar de corações.

    Abraço-te!

    ResponderEliminar
  10. Chora, se isso te alivia, fecha os olhos, grita alto a tua dor. Depois, enxuga essas lágrimas, abre os teus olhos, que o mundo não tem que ser assim...

    Linda a tua escrita e muito bem ilustrada. Gostei muito!

    ResponderEliminar
  11. O adeus levará da nossa alma sempre um pedaço do nosso coração.
    As lagrimas talvez venha para consolar nossa alma
    sofrida e amargurada sempre .
    O adeus dói tanto que nenhum remédio surtira efeito
    somente o tempo poderá ajudar fazer das feridas deixada uma cicatriz
    que perpetura nosso corpo.
    Lindo Domingo beijos,
    Evanir.

    ResponderEliminar
  12. À dor sentida não encontro as palavras exactas
    Basta-me um silêncio solidário e um beijo

    ResponderEliminar
  13. Que estará sendo gerado neste poema
    escuro,
    quente,
    úmido
    como um útero?

    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Com a perda, vem a dor.
    Com a dor, o silêncio
    Com o silêncio, o respeito
    E é com ele que partilho esse Adeus
    Abraço, Sandra

    ResponderEliminar
  15. a profundidade da dor..
    beijos querida..
    boa semana.

    ResponderEliminar
  16. Lindo seu poetar...palavras fortes...
    Vim dá meu beijo de boa noite e convidar-te a visitar o blog do nosso amigo Daniel que deixou um poema a mim dedicado.Será que podes conferir se combina com o meu ser ,kkkkkkkk
    bjsssssssssssssssssssssss

    http://sonhoemopoesia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Sandra, querida!
    Só resta entregar a Deus...
    lindo poema, li como um resto de vida.

    Beijos e ótima semana! Beijinhos no teu bebê!

    ResponderEliminar
  18. Palavras profundamente comoventes....
    Deixo um beijito!!!


    P/s: como está o petit?

    ResponderEliminar
  19. Perante tal dor fico no silêncio!
    Abraço muito apertado.

    Beijinhi Sandra e uma flor

    ResponderEliminar
  20. Uma bela segunda feira pra ti minha amiga, paz e carinho sempre...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  21. Que há d emais forte que o silêncio diante da dor? Intenso, belo e pulsante poema.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  22. O adeus não é bom, deixa um ar de saudade!
    "Força e fé"...

    ResponderEliminar
  23. Já esqueci, todas as palavras que queria ouvir
    Todo os sentires por sentir
    Já não sou protagonista de uma comédia de enganos
    Sou apenas demiurgo de uma perversa cena de uma chegada sem partir

    Sou uvas amargas do mês de Abril
    Vinho de travo verde ao beber
    Semente atirada ao meio das pedras
    Olhos na bruma na inquietação do ver

    Uma imensa e incontida força neste peito
    Na alma uma cicatriz, qual estigma
    Serei apenas um barco de papel à deriva!?
    Ou como já alguém disse, um…Enigma…

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  24. Olá Sandra,
    O adeus é já ali....o amor é agora e aqui. Prefiro sempre o presente!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Hola amiga!

    Cedo ou tarde em nossas vidas, confrontaremos com o "adeus". Tudo que um dia chega, uma dia se vai.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  26. OI SANDRA!
    SÃO LINDOS OS TEUS VERSOS.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderEliminar
  27. A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.
    (Charles Chaplin)

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  28. Sandra,muito triste e dificil dizer adeus,tem razão!Uma bela poesia!bjs,

    ResponderEliminar
  29. Triste e lindo.
    Sandra adoro teus textos, são de grandes emoçoes.

    Beijão linda

    ResponderEliminar
  30. Essa felicidade ceifada
    Esse grito de revolta
    Tanta lágrima derramada
    Tanta gente infeliz que chora!

    Essa vida pintada de dor
    Tantos obstáculos no caminho
    Tanta gente a destruir o amor
    Tanta gente com falta de carinho!

    Desejo uma boa noite para você, amiga Sandra.
    Um beijinho
    Eduardo

    ResponderEliminar
  31. A Deus entregamos as dores e pedimos luz. Por razões desconhecidas, são os momentos de felicidade finitos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  32. Sandra, querida!
    Passei para te agradecer o comentário e desejar uma ótima quarta-feira.
    Grande beijo para ti!

    ResponderEliminar
  33. Boa tarde Sandra querida

    Lindo, porém triste poema...
    Passando pra deixar um beijo e desejar um quarta-feira linda pra você.

    Ani

    ResponderEliminar
  34. Olá, querida.

    Um grito para acordar a própria alma.Lindo!
    Lembrou-me o filme E o vento levou...

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  35. Minha querida

    A despedida de alguém ou de algo, leva sempre um pouco de nós.

    Deixo-te um beijinho carinhoso e um abraço apertado
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  36. Dor profunda na alma o poema traz.Lindo
    meu beijo Sandra!

    ResponderEliminar
  37. sen-tidos os passos sobre trilhos de vencida flor. haja primavera do outro lado das palavras, querida sandra.

    beijinho!

    ResponderEliminar
  38. Querida,,

    Forte e belo te poema!!

    beijos e bom fibal de semana!!

    ResponderEliminar

"A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
(Carmen Conde)