Sou

A minha foto
Portalegre, Portugal
"Sonho que sou alguém cá neste mundo... Aquela de saber vasto e profundo, Aos pés de quem a Terra anda curvada! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quanto mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho...E não sou nada!..." Florbela Espanca

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Não chores mais por mim...





Foto de Piedade Araújo Sol
http://olharemtonsdeflash.blogspot.pt


Não chores mais por mim
Sou nuvem que o vento arrasta.
Pétala seca de flor sem cheiro
Estrela sem brilho que a luz afasta.

Não chores mais por mim
Sou  sombra que surge sem sol
Andando pela vida incógnita,
pintando de negro o arrebol.


Já não sou a mulher que era.
Não tenho em mim o fulgor d'outrora.
No peito morrem-me as forças
A tenacidade foi embora.

Não chores mais por mim
Há muito que morri em vida.
Guarda as tuas lágrimas pérola
e deixa-me ir, pela dor vencida.





45 comentários:

  1. Querida amiga,
    Seja qual for o tema,as palavras na sua poesia tem a suavidade das nuvens , o perfume das flores a força da sensibilidade , o dom de sentir.
    Fantástica, Sandra.
    Felicidades, muitas, parabéns. Sempre!
    E para o Rodrigo também.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Intenso em sentimentos, mas de tanta dor.
    poetizas lindamente e com alma.

    Parabéns querida.

    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  3. Linda poesia cheia de intensidade! beijos,chica

    ResponderEliminar
  4. Maravilhoso poema amiga Sandra. Beijos com carinho

    Não queiras chorar por mim
    Porque eu sei que na verdade
    Há dentro de ti um jardim
    A transbordar de saudade.

    ResponderEliminar
  5. A nossa tristeza sempre repercute em quem nos ama...
    Poesia linda, Sandra.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. poema com muita nostalgia...

    é preciso um novo amanhecer.

    obrigada pela foto.

    um beijo

    ;)

    ResponderEliminar
  7. Minha querida

    Como sempre escreves com a intensidade dos teus sentimentos...Mesmo na tristeza pode haver beleza e o teu poema é prova disso.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  8. Boa noite querida !!!!
    Tão amada e tão inteligente!!!!
    Cheia de adjetivos para mais um poema reluzente...
    bjssssssssssss

    ResponderEliminar
  9. Triste! Mas com uma beleza muito própria.
    Amei Sandra

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  10. A poesia é triste, mais o importante é a beleza poética e ela ficou maravilhsoa. Bjus amiga!

    ResponderEliminar
  11. Não chorarei
    Nunca choraria
    Mas não julgues que passo ao lado
    do poema
    não com pena
    e sim om raiva
    de te ver abalada
    prostrada
    de não poder fazer nada...

    ResponderEliminar
  12. Não choro por vencedores,
    Não choro por derrotadas;
    Choro, sim, por tuas dores
    Que choram coisas erradas.
    Ânimo! Sus! Não te prostres!
    À face do mundo mostres
    Tuas garras afiadas!


    Beijos, Sandra.

    ResponderEliminar
  13. PS: Na sete-sete acima escapou-me uma flexão incorreta do verbo "mostrar". Está marcada para revisão nos meus arquivos.
    Aliquando bonus dormitat Homerus.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto. Favor substituir os dois últimos versos:

      Não choro por vencedores,
      Não choro por derrotadas;
      Choro, sim, por tuas dores
      Que choram coisas erradas.
      Ânimo! Sus! Não te prostres!
      Ao vil mundo nunca mostres
      Senão garras afiadas!

      Eliminar
  14. Poema de alma forte e chorosa como chuva na terra seca.
    beijos

    ResponderEliminar
  15. Palavras de amor jogadas num poema com muita intensidade. Belo!! Beijos amiga.

    ResponderEliminar
  16. Sempre penso que a palavra salva,
    seu poema traduz um amor salvador e generoso,
    tipo:'te amo mas te quero sem lágrimas',
    Lindo_ Sandra
    deixo abraços

    ResponderEliminar
  17. Belo poema que trata com delicadeza uma paixão profunda que faz "chorar" o coração humano.
    Abraços,
    J

    ResponderEliminar
  18. A foto da Piedade é linda e os versos do Barcellos uma preciosidade.
    Você escreveu um poema triste, que mostra alguém já a desistir da vida, vencida pelas desilusões. Em suas palavras há beleza. Em uma situação semelhante, não. Creio que o cansaço diante dor chega, sem simbolizar derrota, e não pode resultar em desistência. Bjs.

    ResponderEliminar
  19. Postagens são muito bonito e agradável
    Lembrei-me pelo meu ex-amante
    abraço e obrigado

    ResponderEliminar
  20. Fico triste quando vejo alguém chorar, até numa poesia... como esta que nos toca tão fundo.
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
  21. Poesia arrebatadora!
    Gosto tanto do que escreves...

    ResponderEliminar
  22. Muitas vezes a vida passa,,,as coisas e pessoas mudam,,mas o pranto permanece,,,,beijos amiga e um belo dia pra ti.

    ResponderEliminar
  23. Tão intensa e triste que arrebata!
    Muito, muito belo, Sandra!
    Beijinhos
    Sónia

    ResponderEliminar
  24. Boa noite Sandra, um poema belíssimo no qual se sente a enorme sensibilidade da grande poetisa que é. Obrigada. Bjs. Ailime

    ResponderEliminar
  25. Quadras que nos trazem marcas de desencanto e tristeza, não fosse este um tempo de nostalgia.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  26. Sinto muito, mas tenho que chorar, porque um poema tão lindo merece! Meu beijo.

    ResponderEliminar
  27. Muito bonito, cheio de metáforas encantadoras, mas muito triste, fiquei a pensar em quantas vezes já me deixei dominar pela dor.
    Abraço grande

    ResponderEliminar
  28. AGORA NESTE SILÊNCIO DA NOITE ,TE TRAGO BJS PRA TE FAZER DORMIR...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  29. Olá,Sandra!!

    Um poema forte!!Mas bem verdadeiro...
    Beijos e meu carinho,querida!

    ResponderEliminar
  30. Vim desejar-te um excelente fim de semana.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  31. Sandra,que maravilhoso e comovente poema!A dor muitas vezes faz com que nos afastemos das pessoas!Realidade em teus versos!bjs e meu carinho,

    ResponderEliminar
  32. Oi Sandra
    Passando pra deixar um abraço
    que a semana seja cheia de inspiração.

    ResponderEliminar
  33. Estamos a poucos Dias do Natal
    agradeço seu carinho no decorrer de mais um ano ,
    que esta chegando ao Fim.
    Só tenho que agradecer a Deus por sua amizade,
    agradecer acima de tudo Deus por ter preservado
    minha vida por mais um ano.
    Em meio a tantos obstáculos passando
    por cada um deles movida pela fé e esperança de Dias melhores.
    E para encerrar o Ano com chave de ouro coloquei
    mais um livro em sorteio no meu blog.
    Para participar basta ser seguidor colocar o selinho de participação que esta na postagem do meu blog
    manter seu blog atualizado pelo menos 8 dias no Dia do sorteio.
    Conto com sua participação.
    Uma abençoado final de semana beijos no coração,Evanir..

    ResponderEliminar
  34. Poema e imagem FORTES !
    Há sentimentos que não cabem nas palavras e transbordam dando origem à poesia. LINDO!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  35. Sandrinha querida, tudo bem?
    Belíssima imagem e poema.
    Por vezes, deixar-se 'falecer' de amor, pode ser a única saída para o renascimento de nós-vida, quem sabe, no caminho de um novo amor.
    Letras melancólicas e belas as tuas.
    Beijos e ótimo domingo para ti e família!

    ResponderEliminar
  36. Triste, snif, snif, sinto e sinto. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  37. boa escolha gosto muito da Piedade, parabéns ás duas, beijinhos

    ResponderEliminar
  38. .


    Antes eu achava que a
    saudade matava.
    Hoje eu tenho certeza.

    Beijos,

    silvioafonso







    .

    ResponderEliminar
  39. Boa tarde Sandra querida


    Lindo poema...
    Suas palavras são tão delicadas, que até a dor parece ser mais amena do que realmente é.
    Lindo!


    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  40. Muito bem exteriorizado os sentimentos. Lindo!

    ResponderEliminar

"A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
(Carmen Conde)