Sou

A minha foto
Portalegre, Portugal
"Sonho que sou alguém cá neste mundo... Aquela de saber vasto e profundo, Aos pés de quem a Terra anda curvada! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quanto mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho...E não sou nada!..." Florbela Espanca

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Faz de conta...





Faz de conta que sou
Faz de conta que és
Faz de conta que somos.
Faz de conta que o sorriso é vida
Que a caminhada não é dura e solitária
Que é florido o jardim que pisas.

Faz de conta que o mundo é Mundo
E não a bola de mentira que gira
E se agiganta como Adamastor em alto mar.
Faz de conta que sou
Faz de conta que és
Faz de conta que somos.
Nesta feira das vaidades
Neste circo de falsidade
Onde o que conta é parecer, fingir ter e mostrar
Onde pouco importa o ser, o sentir, o dar.
Faz de conta.
Faz de conta.
Faz de conta...


 Sandra Subtil



3 comentários:

  1. Lindo esse faz de conta em versos! Adorei te ver novamente! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Quantas vezes fazemos de conta...
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  3. ...

    Um imenso abraço, Amiga Sandra!

    Saudade!

    ResponderEliminar

"A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
(Carmen Conde)