Sou

A minha foto
Portalegre, Portugal
"Sonho que sou alguém cá neste mundo... Aquela de saber vasto e profundo, Aos pés de quem a Terra anda curvada! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quanto mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho...E não sou nada!..." Florbela Espanca

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Nunca te disse que te amava...



Foto de Francis Leonardo Cirino





Na hora das bocas se tocarem e dos medos secarem
Nunca te disse que te amava.
No momento dos corpos se unirem e das almas voarem
Nunca te disse que te amava.

Nunca te disse que te amava
E essa palavra latejava no meu peito e ardia-me na pele.
Eu gritava-a por dentro,
em mim,
em ti.
Eu calava-a na força do querer
e sussurrava-a apenas no desespero do silêncio das esperas.
Agora que as nuvens se instalaram e as andorinhas se foram
calou-se para sempre no frio da solidão.
Partiste.
E eu nunca te disse que te amava.

52 comentários:

  1. Olá,
    adorei a poesia.
    Intensa. De arrancar suspiro, de despertar emoção... E muitas lembranças.

    Parabéns pelo Blog,
    passo a seguir de pertinho, e aguardo sua visita.
    Um beijo,
    Excelente fim de semana!

    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. "Eu te amo" é a expressão
    Mais poderosa que existe:
    Dita, abre um coração,
    Calada, deixa-o triste.
    O amor, mesmo o mais forte,
    Se abandonado à sorte
    Ao silêncio não resiste.


    Belíssimos versos, Sandra. Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Muito lindo este poema e muito verdadeiro, pois temos medo de expressar sentimentos e, quando pensamos em dizer o que sentimos, já é tarde! Bjs e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Talvez se tivesse dito! Belo poema! muito bonito o seu blog. Bj

    ResponderEliminar
  5. Sandra minha querida
    Li e reli e, fiquei com um aperto no meu peito, não sei que dizer.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  6. Muitas vezes falta coragem em dizer e depois fica tarde.

    Lindo, Sandra.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Belo, belo, belo, Sandra!
    Ainda que o amor grite em silêncios e ele o faz, nada como ouvir a palavra viva e saltitando da boca... eu te amo! E que seja antes da partida.
    Bj grande, poeta-amiga.

    ResponderEliminar
  8. Calar os sentimentos que gritam no nosso peito...como sei o que isso é!
    E o quanto pode ser desastroso para nós...pois que um dia quando já não queremos calar, pode já ser tarde para fazer diferente.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  9. Partiu sem ouvir dizer
    A palavra de quem amava
    Proferiu ficar a sofrer
    E em silêncio pensava!

    Erros que se cometem
    E que se poderiam evitar
    Sem antes pensar acontecem
    Deixou partir sem o amor declarar!

    Bom fim de semana para você, amiga Sandra,
    um beijinho
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  10. sandra, foi um sopro de emoçoes. lindo demais. parabens, estou seguindo aqui lamarque

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde, Sandra. Conhecendo o teu blog agora e gostando muito da força da tua poesia. Li com prazer os teus escritos, me faço seguidora, e quando eu puder retornarei.
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderEliminar
  12. Que triste,Sandra!Mas muito bonita sua poesia sempre!Eu adoro!bjs,

    ResponderEliminar
  13. Lindo poema! Não dizer o que sentimos é o maior pecado no amor.
    Um beijo grande.
    Lindo mesmo este poema.

    ResponderEliminar
  14. Minha querida
    Ler-te é uma viagem por dentro de tantos corpos que se esqueceram de morrer...de tantas vidas vagando entre o sono e o pesadelo e esperando talvez por um sonho breve...uma gota de água com que saciem a sede de amor...a fome de infinito

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  15. Coisas da vida, esperar o momentos certo, retardar, deixar de pegar e perder.Lindo seu poema.Beijos.

    ResponderEliminar
  16. Boa noite...Dizer EU TE AMO,
    sempre fica como segundo plano,
    é ai que pecamos, pois perdemos
    muitas vezes, a oportunidade de
    ser amada e tambem ouvir de volta
    um...EU TE AMO TAMBEM!!
    Adorei, bjinhos carinhosos

    ResponderEliminar
  17. E isso faz-se Sandra.Deixar partir o amor.mas fica o cheiro da ausência na pureza do teu poema.

    Abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  18. As palavras profundas não foram
    pronunciadas
    apenas que não disseram nada
    mas os versos pronunciaram claramente
    mesmo que ainda veladas
    a poesia disse
    tudo.

    poesia mui bela

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  19. Por vezes não é necessário dizê-lo!
    Mas outras vezes dói não o dizer!
    Excelente
    Bjo

    ResponderEliminar
  20. Se o arrependimento matasse...
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Sandra, querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  21. Acontece mesmo com muitos de nós. Só depois é que ficamos dizendo: Por que eu não disse assim? Mas já é tarde, o tempo não volta. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  22. Nem tudo exige palavras. As declarações de amor costumam ser feitas no silêncio do toque e no carinho dos gestos. Bjs.

    ResponderEliminar
  23. Não são apenas as andorinhas que voltam na Primavera... os amores-perfeitos também.
    :)

    Bjs. para a poetisa.

    ResponderEliminar
  24. A vida é tão rápida porisso não devemos perder oportunidades que vem a nós, pois nunca saberemos se elas retornarão novamente. Bonito poema amiga. Um grande beijo e bom domingo a ti!!

    ResponderEliminar
  25. No blog de selos vinculado ao arteseescritas há um prêmio para você! Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  26. Belo domingo pra ti amiga carinho !
    Tão carinhosa essa minha amiga que chega a transmitir nas palavras em comentários.Eu te amo quando me visitas e deixas por lá no meu cantinho tua marca de carinho.
    Hoje vim trazer um abraço de dia de domingo e encontro vc com um poema lindo para se guardar na alma.
    bjs de dia de domingo !

    ResponderEliminar
  27. Amiga,
    Intenso e belo o seu poema!
    Gostei muito.
    Feliz domingo.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  28. Nunca nada deve ficar por dizer ou fazer... Se houver remorsos, que sejam pelas palavras que não foram ditas...
    Um poema com um queixume delicioso! Adorei.
    Beijo e uma semana cheia de...VIDA!
    Graça

    ResponderEliminar
  29. Lindo, verdadeiro e triste ao mesmo tempo,

    Uma bela reflexão que nos remete a pensar no que poderíamos ter feito e nunca fizemos, o amanhã é incerto e o agora é propício para grandes realizações...

    Beijos amiga e linda semana pra ti

    ResponderEliminar
  30. e quando não há a coragem de dizer, fica sempre o vazio e o silêncio que mói lentamente

    beijinho

    ResponderEliminar
  31. Bom poder dizer quando se sente...

    Muito bonito Sandra.
    bjs
    cvb

    ResponderEliminar
  32. "O poeta é um fingidor", não é verdade? Gostei do poema e muito!
    Abraços.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  33. Muito bonito Sandra!
    Gostei muito :)
    Beijo
    Sónia

    ResponderEliminar
  34. Sandra amiga, O facto de não o dizer, não quer dizer que a pessoa em questão não o soubesse. Todos temos na alma o sentir e muitas coisas, que não se dizem se adivinham. Lindo e nostálgico poema. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  35. É, por vezes, muito complicado expressarmo-nos com alguém e sermos compreendidos. Temos de encontrar um equilíbrio.
    Bj
    J

    ResponderEliminar
  36. Sandra querida, ao ler sua poesia viajei no tempo...sabe amiga, eu vivi um relacionamento por cerca de três anos, e todas as vezes em que estava junto a essa pessoa, gritava por dentro que o amava...agora, já há quase três anos sem vê-lo, me questiono: Por que não disse que o amava?
    Não podemos guardar sentimentos, jamais o amor.

    Beijos com carinho e saudades.

    ResponderEliminar
  37. Olá, boa noite!
    Problemas vários fazem com que só agora esteja a regressar aos blogs.
    Vou ver se a partir de agora sou mais assíduo.
    Bom fim de semana para si!

    ResponderEliminar
  38. Será que conflui?

    http://fredcaju.blogspot.com.br/2012/01/cartas-na-mesa.html

    ResponderEliminar
  39. Muito bom este poema.
    "Nunca disse que te amava"
    Seria forçoso dizê-lo ?
    Repetir vezes sem conta ?
    Para mim o importante é saber viver em cada dia de coração aberto, ponto para se dar e para receber a dádiva do amor.
    Cada sorriso dirá mais que todas as palavras. Cada gesto de oferta e cada entrega dirão tudo quanto transborda do coração.

    ResponderEliminar
  40. Palavras que calam funda na alma, palavras que teimosamente morreram em nossa garganta e o desejo de amar que nos alucina fica para depois e este é tão distante.Otima construção/inspiração,mas o amor não pode esperar.Parabens amiga pelo poetico e reflexivo texto.Carinhoso abraço de paz e luz.Beijo.

    ResponderEliminar
  41. nunca devemos guardar para amanhã pois aí pode já ser tarde, e a tristeza invade o coração
    beijinhos

    ResponderEliminar
  42. Olá..vim,te visitar , ver as novidades e te oferecer o selo- Sua Amizade é Essencial

    Deixo o meu Toque de Carinho e amizade

    san

    ResponderEliminar
  43. Minha querida

    Passando para te deixar um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  44. Amiga passei para te deixar o meu carinho. Beijos

    ResponderEliminar
  45. Achei seu blog na blogosfera.
    E adoreii!

    Já estou te seguindo..
    Me visite tbm
    http://lidiepaulo.blogspot.com.br

    Beijocas
    Ótima Semana \º/

    ResponderEliminar
  46. há palavras que se fazem pequenas, outras excessivas, mas, sobretudo, há as desnecessárias na corrente silabária dos gestos.

    beijinho, sandra!

    ResponderEliminar
  47. Boa tarde, se tiver um tempinho visite o blog do grupo de poetas que participo em Belford Roxo RJ, o Gambiarra Profana, e veja um trecho de nossa performance no Teatro Sesc Nova Iguaçu RJ, leia também o texto e se puder dê sua opinião no comentário, sua visita é muito importante pra nós. Desde já agradeço o carinho.
    Link abaixo:

    http://gambiarraprofana.blogspot.com.br/2012/07/malditas-belezas.html

    Arnoldo Pimentel

    ResponderEliminar
  48. Boa tarde Sandra querida


    Por isso devemos expressar nosso amor sempre que podemos.
    Sempre lindas tuas poesias.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  49. Poema singelo e muito bonito. Gostei do blogue. Prometo voltar. Abraços

    ResponderEliminar

"A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
(Carmen Conde)