Sou

A minha foto
Portalegre, Portugal
"Sonho que sou alguém cá neste mundo... Aquela de saber vasto e profundo, Aos pés de quem a Terra anda curvada! E quando mais no céu eu vou sonhando, E quanto mais no alto ando voando, Acordo do meu sonho...E não sou nada!..." Florbela Espanca

domingo, 10 de abril de 2011

Neva no Inferno


Foto de Leninhaf
http://leninhaf1.reflexosonline.com/
http://olhares.aeiou.pt/leninhafig




Haverá maior inferno que o coração dos homens?
Porque chora quando deve rir
E canta em vez de chorar?
Porque diz sim quando se espera negação?
E é fraco quando barreiras devia  quebrar ?
Ah! Inferno este
Que tudo inflama e queima em redor.
É tormento na Primavera
É vulcão em pleno Verão
Não dando descanso ao corpo fraco
Que o carrega com esgares de dor.
Afinal (e que esquisito)
Também neva no Inferno
e a  culpa é dessa coisa
A que decidiram chamar Amor.

48 comentários:

  1. Culpa boa essa. Mais assim (d)escrita:)

    ResponderEliminar
  2. Mudou o layout, ficou lindo querida.

    ...Afinal (e que esquisito)
    Também neva no inferno
    e a culpa é dessa coisa
    A que decidiram chamar Amor.

    ADOREI!!

    Beijos de um delicioso domingo.

    ResponderEliminar
  3. [não me recordo quem dizia, mas que escrevia mais ou menos que o "[amor?] ou a amizade é uma embarcação suficiente para transportar duas pessoas em tempos de bonança, mas apenas uma em tempo ruim"... o que não concordo por inteiro, mas há dias, que teimosamente esse sentimento instala-se e não há volta a dar.]

    um imenso abraço, Sandra

    Leonardo B.

    ResponderEliminar
  4. A mente dos homens é intrincada, por muito que queiramos achar razão para o coração, justificar atitudes, tudo nos leva ao campo que transcende o próprio homem.
    beijinhos
    oa.s

    ResponderEliminar
  5. o amor também poder ser apenas um abraço
    sem que as peles se toquem e o perfume
    embriague
    ...

    belíssimo, poetisa.

    beijo carinhoso.

    ResponderEliminar
  6. Lindo e o amor faz muitas coisas!beijos,chica

    ResponderEliminar
  7. Culpa do amor, ou dos que se dizem sentir e dar amor?

    Bjs.

    ResponderEliminar
  8. incêncio em copro gelado, essa coisa a que os deuses chamaram de amor e enviaram aos homens justamente na hora em que lhe confidenciaram a sua finitude. e ele procurou a eternidade no baloiço das emoções. a queda fez-se sem rede.
    beijinho!

    ResponderEliminar
  9. uau Sandra!
    li e reli..
    o amor é tudo..
    beijos..

    ResponderEliminar
  10. Sandra,
    Quando falamos do coração dos homens creio que temos que ter junto de nós o conceito de rectilíneo. :)
    Gostei muito, muito mesmo!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  11. Neva porque permitimos que neve.
    Um grande bj querida amiga é sempre um prazer passar por aqui

    ResponderEliminar
  12. Uau...

    Fiquei a sentir as suas palavras.
    Num gelo de sentimentos e no calor de todos os versos que me abraçaram...

    Perfeito...

    Perfeito

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Deus o livre. Lindo, lindo, lindo. Superou com este poema todas as minhas expectativas. És uma poetisa sublime! Parabéns...

    ResponderEliminar
  14. Minha querida

    Lindo poema...o amor é dor...é alegria, são tantos sentimentos...por vezes difíceis de explicar...sente-se apenas.

    Beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  15. Querida, gostei muito do seu blog. Desde da escolha das imagens até o texto. Sublime. Estou te seguindo. Boa semana.

    citacoesecia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. Oi, Sandra!
    Se a vida, na sua textura profunda está "para além do bem e do mal", a culpa só pode ser psicológica[doutro modo será responsabilidade], já que o amor, sendo mimo, se veste de primavera. Mas no coração dos humanos sopram ventos de outras estações.Para os que sofrem da falta de amor é um inferno...então em vez da lareira haverá o frio da neve...Que bela ironia poética.

    Beijinho,
    Véu de maya

    ResponderEliminar
  17. Neva no Inferno sim, quando o gelo se apodela do nosso coração.

    ResponderEliminar
  18. O ser humano é isso,,,imprevisivel, cheio de conflitos internos,,,cheio de desejos,,,e muita vontade de ser feliz,,,as vezes ele faz tudo ao contrario....beijos de boa semana pra ti.

    ResponderEliminar
  19. sinto essa quentura
    que me gela atrás das orelhas
    um uivo de vento
    uma brancura
    tão branda
    e leve
    como a neve
    Derreto-me, então.

    Meu carinho, Sandra.
    Samara Bassi

    ResponderEliminar
  20. Obrigado pelo carinho.É recíproco! beijos,chica e uam semana maravilhoooooooosa!!!

    ResponderEliminar
  21. Bom dia,Sandra!!

    Lindo!!!Um poema visceral!!!
    A falta de amor faz nevar em qualquer lugar...até no mais improvável...
    Beijos querida!!
    Que sua semana seja bela iluminada!!

    ResponderEliminar
  22. "Haverá maior inferno que o coração dos homens?"

    É onde o Paraíso e o Inferno se encontram...

    Beijo,
    Doce de Lira

    ResponderEliminar
  23. tem selinho pra você no http://2edoissao5selos.blogspot.com/

    beijos!!!

    ResponderEliminar
  24. Linda Sandra, vim agradecer as doces palavras.
    O fundo musical reforça a ternura desse lugar.
    E esse texto tão cheio de perguntas, merecem todas as respostas.
    Mas só Deus pode dá-las.
    Mas sei bem que quanto maior a fraqueza, mas nos sabemos fortes.
    É um dom que Deus deu aos humanos.
    O amor...
    Posso fechar os olhos e pensar nas 4 palavrinhas, e sinto que elas podem mover o universo inteiro.Se fosse bem abarcada pelos corações, seria uma avalanche de preenchimentos e o ermo .teria fim.
    Minha querida.
    Um beijo nesse coração belo.

    Fernanda

    ResponderEliminar
  25. belas letras vc tem uma maneira linda de dizer en letras o sentir que de seu coracao nace, aquele que deseja brotar en estas lineas que de forma clara se sente... parabems

    saludos
    otima semana
    abracos amiga

    ResponderEliminar
  26. Lindo, Sandra.O amor tem dessas coisas, ainda mais se não for recíproco.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  27. Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida amiga...

    ResponderEliminar
  28. Não podemos culpar o amor, por todos nosso sofrimentos, a culpa é nossa que sabemos amar.
    Bjux

    ResponderEliminar
  29. Ah.. o coração não é culpado de nada... coitado.. se é de fogo ou louco... a culpa é sempre de quem tem medo de amar!

    Que lindo poema!

    Bejus de Luz!
    Amei a musica de fundo!

    ResponderEliminar
  30. Muito conseguido este poema do ser e não ser... Inferno!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  31. querida , não sou a ingrid, rs.
    mas compartilho de suas palavras para com ela!

    beijos!

    ResponderEliminar
  32. o amor é vitima da inconsequencia, da estupidez do homem, da vida que não sabe enxergar.
    lindo poema
    beijos

    ResponderEliminar
  33. Ou do que não o vivem por completo????
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  34. Boa tarde, querida amiga Sandra.

    Que poema forte...Parabéns!! Até o ritmo, a gente sente.
    Expressa dor recente, aquela que só o tempo resolve, apesar de deixar marcas.

    Muito obrigada pela sua gentileza e carinho.

    Um grande abraço.
    Tenha uma linda noite, de paz e amor.

    ResponderEliminar
  35. Muito bom e forte o poema. Passei pra conhecer seu blog e gostei muito, parabéns.Se puder visite meu blog, link abaixo, beijos.

    http://ventosnaprimavera.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. Um bélissimo poema..
    O amor realmente muitas vezes dói
    muitas vezes é pura felicidade.
    Um vulcão em chamas por outras vezes
    vira cinzas .
    Mais falar de amor sempre sera tudo de bom.
    beijos e beijos,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderEliminar
  37. AMIGA

    100 000visitas

    Tnho festa no meu blog
    tenho selo para ti

    Um beijo

    ResponderEliminar
  38. Oi voltei pra avisar que sua participação nos Rosários de Fogo está no Blog;
    http://versosdefogo.blogspot.com/2011/04/do-fogo-que-em-mim-corre.html

    Grato de coração!

    Uma honra ter vc comigo nos próximos dias!

    Beijos de Luz!
    Vem ver! ^.^ rsssss

    ResponderEliminar
  39. Bom dia,Sandra!!

    Vim lhe desejar um ótimo dia!!
    Obrigada pela companhia!!!
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  40. Minha Querida
    Nós somos um manual de contradições!
    Este poema fabuloso mostra precisamente este sim e não que habitam simultaneamente em nós! ADOREI!
    O layout modificado a condizer com o título do blog...tudo perfeito! Parabens!
    Beijocas
    Graça

    ResponderEliminar
  41. Excelente. Singelo mas extremamente rico, este texto.

    ResponderEliminar
  42. Sandra! parabéns pelo poema dos Rosários de Fogo! lindo,lindo..deixei meu comentário por lá
    beijos

    ResponderEliminar
  43. O coração é original,o interprete de nossas
    emoções...Dói, flui, permanece, ansiooso e acelerado. Dái vem o amor e o nutri por completo.


    bjs

    ResponderEliminar
  44. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E
    http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  45. Nossa! Que poesia linda a sua Sandra, encanta

    O amor cantado com a força que ele próprio possui, arrebatador

    Obrigada pela visita, esperarei você sempre por lá, estarei sempre aqui para partilhar da bela poesia que vc faz

    Mil beijos

    ResponderEliminar

"A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
(Carmen Conde)